terça-feira, 27 de maio de 2008

Esfiha Árabe


Eu amo esfihas. E na minha eterna busca pela esfiha perfeita, curiosamente, nunca tinha tentado fazê-las eu mesma. Então aproveitei o feriadão para experimentar a receita de uma amiga da minha mãe, que por muitos anos foi dona de uma cantina em uma escola. E tô pra dizer que, apesar de ela ser decendente de japoneses, a esfiha da Tia Alice é uma das melhores que já comi.

É claro que a minha versão da esfiha da Tia Alice ficou longe de ser perfeita, mesmo porque não tenho muita experiência em sovar grandes quantidades de massa, mas ooooolha... ficou muito bom mesmo!

Ah, uma curiosidade. Nas minhas pesquisas, descobri que existem dois tipos de esfihas, que diferem na massa. A esfiha síria costuma ser mais massuda e tem uma massa mais pesada, mais parecida com pão. A esfiha árabe tem uma massa mais leve e mais macia. Como diz o título, esta receita é para a esfiha árabe, porque é a minha favorita! =P

A receita abaixo rende mais ou menos 30 esfihas de tamanho médio, e é para esfihas de carne, tradicionais. Mas eu, como gosto muito de queijo, fiz algumas com recheio de queijo, tomate e orégano, e outras de queijo com catupiry. Alguns outros recheios que são comuns em esfihas são ricota, ricota com espinafre, frango com catupiry e calabresa com catupiry. Aí vai do gosto e da criatividade de cada um!

E pra quem não tem muita experiência com panificação (como eu), aí vão algumas dicas que eu aprendi na aula de gastronomia na faculdade:

- não ponha a farinha toda de uma vez, vá acrescentando aos pouco até a massa não grudar mais nas mãos nem na superfície de trabalho.
- para saber se a massa já foi sovada o suficiente: a massa deve estar lisa. aperte com um dedo e veja o tempo que demora para ela voltar à forma normal. Se demorar muito, ainda não está pronta. Quanto mais rápido ela voltar, melhor.
- A receita diz que a massa deve repousar por 15 minutos. Mas se ela não crescer bastante nesse tempo, deixe mais tempo.
- Quando for montar as esfihas, tente ser rápido. Quanto mais tempo a massa ficar parada lá, mais dificíl fica de trabalhar com ela, pois ela se torna muito elástica.

Agora, mãos e músculos à obra! Mas se bater aquela preguiça, vale a pena dar aquela corridinha até o Almanara!! Esfihas simplesmente fantásticas!! Recomendo!


Para a massa:

1 copo de leite morno
1 copo de água morna
1/2 copo de óleo
1 colher de sopa de manteiga (à temperatura ambiente é melhor)
1 colher de sopa de sal
1 colher de sopa de açúcar
4 tabletes de fermento para pão
1 kg de farinha de trigo

Para o recheio de carne:

1/2 kg de carne moída
2 tomates
1 cebola
suco de 1 limão
hortelã Q.B.
sal e pimenta Q.B.

Modo de preparo da massa:

Desmanche o fermento em um recipiente e adicione o sal. Misture até ficar líquido e junte o leite morno. Mexa e reserve.
Em outro recipiente junte a farinha (reserve um pouco, mais ou menos 1 xícara), o açúcar, o sal, a manteiga, o óleo, a água e o fermento reservado. Misture bem até a massa começar a desgrudar do recipiente. Se necessário, adicione mais farinha.
Transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove até a massa ficar lisa. Vá adicionando mais farinha aos poucos, se necessário.
Deixe a massa descansar por aproximadamente 15 minutos, ou até perceber que ela cresceu bem.
Separe porções da massa em bolinhas e abra com um rolo. Se tiver, use um cortador redondo, senão, tente abri-las o mais próximo possível do formato de um círculo.
Ponha o recheio e feche unindo as pontas, formando um triângulo.
Coloque as esfihas em uma forma untada e polvilhada e leve ao forno por aproximadamente 20 minutos.

Modo de preparo do recheio:

Num recipiente, junte a carne moída, a cebola, os tomates, o suco do limão, a hortelã, o sal e a pimenta. Misture bem e utilize o recheio ainda cru.




12 comentários:

Bia disse...

hummm delícia Jac.
Arrasou na receita. Vou testar em breve!

Anônimo disse...

Simplesmente maravilhosa!!!!
Vi essa receita semana passada, e no mesmo dia a utilizei.
Fez o maior sucesso!!!
Dois dias depois fiz novamente e tb nao sobrou nenhuma.
Hoje estou eu aqui pra confirmar a receita, (que ja esta em minha cabeça)pois vou prepara-la de novo.
Super facil de fazer e muito gostosa.
Se vcs estao procurando uma receita de esfiha e chegou até aqui, nao procure mais, faça essa mesma. Nao perca tempo e maos a obra. É perfeita, principalmente àqueles que estao fora do Brasil e sente falta da nossa variedade.
Bom proveito a todos e parabens a pessoa que postou essa receita aqui.
Isabel - Valencia - Espanha

Anônimo disse...

Eu também estava em busca de uma receita de esfiha bem dessas que tem a massa fininha e o recheio delicioso... Entao, qdo me deparei com sua receita, desisti de procurar por outras e decidi fazer!
A massa é perfeita... Minha mae que entende mais do assunto adorou, e nao foi todo o Kg de trigo... A massa fica lisinha rapidinho. E também vou deixar uma dica para o recheio: acrescente uma colher de sopa cheia de manteiga em temperatura ambiente.. Na um toque mais que especial.
Se vc esta procurando aqueeeeeela esfiha que jah comeu em algum lugar um dia e que era deliciosa, façam essa receita!!!!!
é Perfeita e rende muito!
Obrigada chefffffff!!!

angela disse...

Eu já tentei varias massas, mais não era o que eu queria. então li essa receita, acho que encontrei o que estava preocurando. vou fazer agora msm.
Mais gostaria de saber se posso assar na temperatura 220 graus.
angelabzrj@hotmail.com
obrigado!
ÂNGELA ARMAÇAO DOS BÚZIOS RJ

Anônimo disse...

nossa!parece maravilhosa a receita,vou tentar fazer.No recheio se quiser coloque Tahine(pasta de gergelim)fica otimo.

Anônimo disse...

Entao Jac, estava a procura de uma receita.. mas e o medo de desperdiçar... mas a sua me convenceu e vou tentar faze-la amanhã.
Ai eu volto para comentar.
Bj Thiago & Hamed.

Anônimo disse...

olá, boa noite! está receita é de dar água na boca, era o que eu estava procurando a muito tempo, vou fazer na sexta 06.08 para receber uns amigos, gostaria de saber que tipo de copo utilizar para as medidas. Muito obrigada Ana Paula L. lamporio@uol.com.br

Anônimo disse...

Olá, percebi que não vai ovos nessa receita, é isso mesmo ou vc esqueceu de colocar. Obrigada

Anônimo disse...

Parabens pela receita, é muito boa, minha falimia adorou.

pirokanova disse...

antes de preparar esta receita, gostaria que vc me confirmasse se essa massa realmente não tem ovos.
Ah, e se bater aquela preguiça, além do almanara, recomendo também a confeitaria Monte Libano que fica na rua Vergueiro 2229, ao lado da saída da estação Ana Rosa de Metrô. A casa vive lotada, vc olha por fora e não dá nada pelo lugar, mas a esfiha é a melhor que eu comi até hoje em São Paulo. Vale lembrar que a duas ou três quadras, tem duas lojas de comida árabe, a Catedral e a Jaber que disputam quem tem a melhor receita. Mas a minha esfiha favorita é a do seu Elias, da confeitaria Monte Líbano.

melhorpior disse...

ola,

fiz uma postagem sobre sua receita e citei o aprendizes.

www.obomde.blogspot.com

muito boa a receita.
abçs.

Anônimo disse...

naõ se disolve o fermento no sal nunca! devemos fazer isto no açucar